A cantora e compositora americana Annie Lewandowsky (aka powerdove) embarca numa digressão europeia e vem pela primeira vez a Portugal para apresentar o seu mais recente disco “Be Mine”, desta feita acompanhada pelo guitarrista Benjamin Piekut.

Gravadas em Oakland, Califórnia por John Dieterich (dos Deerhoof) as canções de “Be Mine” oscilam entre peças etéreas e banhadas de sol e baladas misteriosas e sombrias, onde a voz inquietante de Annie surge por entre escassos e intrigantes arranjos instrumentais.

Com influências que vão desde Nico a Leonard Cohen e Patty Waters, a música de powerdove promete aquecer os corações dos amantes do lado mais experimental da folk.

“Ainda não consigo perceber o que torna a música de Annie tão poderosa. Já ouvi estas canções tantas vezes… Mas de cada vez retiro algo diferente e fico a pensar como é que poderia tê-las ouvido de outra maneira. A minha pele arrepia-se quando penso na última vez que a vi ao vivo!”

John Dieterich (Deerhoof)

“A Annie Lewandowsky despe as coisas até ao mais essencial com uma precisão inquietante e ao fazer isso arrepia-me a pele. Belas canções de hoje e de amanhã, directas e sem sentimentalismos, altamente recomendadas para limpar as teias de aranha.”

Fred Frith

www.annielewandowski.com

www.myspace.com/powerdove

O percurso musical do músico italiano Marco Bernacchia (aka Above the Tree) teve início na formação clássica quando ainda era criança. Mas cedo descartou essas noções, optando por encetar uma busca pessoal à volta dos ruídos feitos pelos instrumentos.

Ao bater e raspar repetitivamente na sua pequena guitarra, começou a procurar sons que traduzissem o contacto físico com o instrumento e acabou por descobrir algo que achou muito mais interessante e cativante.

“Minimal Love” é o seu segundo álbum e é constituído por temas oníricos que fazem lembrar blues minimais, estruturas folk e melodias populares. As músicas, aparentemente desequilibradas, são povoadas por ruídos de fundo que dão a sensação de serem tocadas em directo. “Minimal Love” é a tentativa de Above the Tree de juntar elementos da música concreta com ambiências blues e psicadélicas.

Marco regressa agora a Portugal pela quarta vez, depois de uma breve passagem por Lisboa em Maio de 2009 e de duas digressões, uma nesse mesmo ano e outra em 2010, onde tocou em cidades como Bragança, Porto, Lisboa, Beja e Montemor-o-Novo.

www.myspace.com/bluerevenge1

www.youtube.com/watch?v=wpzpGhF2vQo

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s