UMA PRIMAVERA TERAPÊUTICA (parte III)

Depois de um início de Primavera terapêutico e romântico, os meteorologistas prevêem uma semana ruidosa e regueirenta!

Esta quinta-feira (27 Mar.) a ATR regressa ao Bartô para apresentar o power noise duo siciliano Les Spritz e o power noise solo do francês Klaus Legal, que também tocam no dia anterior (qua. 26 Mar.) no Central Pub em Bragança, num evento organizado pelas mãos mágicas da Dedos Biónicos (com direito a dj set do Dedos Biónicos Soundsystem)!

E no sábado (29 Mar.) continua a residência mensal da ATR no RDA69, que nesta ocasião contará com concertos do cantautor alemão Nilson, do trio de música improvisada Bande à Part e do pianista e compositor Tiago Sousa, para não falar do já habitual (e delicioso) jantar vegetariano!

Por último a ATR gostaria de lembrar mais uma vez que estão a decorrer duas campanhas de angariação de fundos (aka “crowdfunding”): uma cujo propósito é recolher contribuições para a programação cultural de 2014 da Prisma, o colectivo de Coimbra que organizou o Derrube I + Feira Bastarda I, onde a ATR e os infames dSCi estiveram presentes; e outra para apoiar financeiramente a realização da final nacional de Poetry Slam que irá decorrer em Junho em Lisboa, evento promovido pelo colectivo Portugal Slam! Por isso não se acanhem, todas as ajudas são bem-vindas!

qua. 26 Mar. 22h30 – Les Spritz (it) + Klaus Legal (fr) + Dedos Biónicos Soundsystem (dj set) @ Central Pub – Bragança

(Rua do Paço, 18 – entrada: 4 euros)

qui. 27 Mar. 22h30 – Les Spritz (it) + Klaus Legal (fr) @ Bartô – Lisboa

(Costa do Castelo, 1-7 – entrada livre!)

LES SPRITZ

Para este power duo siciliano basta uma tomada eléctrica (ou um gerador) para cozinharem a sua barulhenta e divertida maionese sonora que inclui uma pitada de noise, algumas gramas de grindcore e um pouco de no wave salpicado com coros de gritos hilariantes, tudo isto apenas com uma bateria desengonçada, uma guitarra com cordas de baixo afinada como um violoncelo e pedais de distorção artesanais!

 KLAUS LEGAL

Algumas vezes Klaus sente-se como um macaco, outras vezes como o filho bastardo dos DAF e dos Crash Course in Science, escondido entre a luz e a escuridão, batendo em caixas, rodando butões e gritando coisas que ninguém percebe. Dizem que soa a no wave, hip-hop deficiente, industrial dançável, mas às vezes dizem apenas que parece um camião do lixo estragado!

 

ATR @ RDA VI

Jantar-Concerto

sáb. 29 Mar. 20h – Nilson (de) + Bande à Part (pt) + Tiago Sousa (pt) @ RDA69 – Lisboa

(Regueirão dos Anjos, 69 – entrada livre! – jantar vegetariano: 3 euros)

 

Nilson é um cantautor alemão que viveu vários anos em Santiago do Chile e em Barcelona e que reside actualmente em Hamburgo. Depois de ter tocado em diversas bandas ao longo dos anos, começou a fazer música sozinho em 2005. Em 2007 editou um EP por uma pequena editora de Hamburgo. O EP esgotou rapidamente, mas as poucas pessoas que tiveram oportunidade de o ouvir, gostaram muito. Cinco anos mais tarde Nilson lançou finalmente o seu primeiro longa-duração “We Are Strange” com 10 belas e sombrias canções folk, que veio apresentar a Portugal no final de 2012. Regressa agora a Lisboa para matar as saudades.

Bande à Part é um trio de livre improvisação composto por Carlos Godinho na percussão, Joana Guerra no violoncelo e Ricardo Ribeiro no clarinete. O que tange o sopro, o que dedilha o arco, o que sopra o ritmo.  Entre o movimento e o som, um espaço livre.   (MiND THe GaP) O chão é a madeira, corpo orgânico que este trio explora: timbre, textura, equilíbrio/desequilíbrio rítmico/harmónico. As tendências são erráticas, e o guia é só um fio de respiração. NO CLUB SENSIBILITY.

Tiago Sousa prepara os alicerces para edições futuras. Tendo em vista a aproximação ao conceito Eternal Music, apresenta neste concerto especial um primeiro estudo para órgão eléctrico. Desde o lançamento do seu primeiro álbum em nome próprio, em 2006, que Tiago Sousa tem desenvolvido e solidificado a sua estética. Encontramos, na sua já relativamente vasta obra, um artista em busca da sua expressão e identidade. “Samsara“, “Walden Pond’s Monk“ e “Insónia“ completam uma série de discos centrados no Piano. Recentemente editou “Confucius and the Madman“, um disco ao vivo para download gratuito no site: www.tiagosousa.org