Nesta semana e na próxima o músico americano McCloud Zicmuse, que veio a Portugal no ano passado com o seu projecto Le Ton Mité, volta em nome próprio para apresentar o seu último trabalho “The Well-Tuned Iaeniaen” e mostrar no seu Instant Instrument Workshop como se constroem os“iaeniaens”, uma família de instrumentos que criou a partir de lixo! Este sábado (21 Mar.) o músico estará presente na Zaratan para concerto às 19h e workshop às 16h, para o qual já se encontram abertas as inscrições (que são limitadas e podem ser feitas até ao dia 19 através do e-mail: terapiadoruido@gmail.com)! (mais info em baixo e aqui)

O cantautor finlandês Herra Mäkikuisma, que também esteve entre nós no ano passado, está de regresso para várias datas, a primeira das quais será este sábado (21 Mar.) à tarde no Café au Lait no Porto, integrado no Um ao Molhe, festival itinerante de one-man-bands que a ATR está a apoiar! (mais info em baixo)

Antes disso, na quinta-feira (19 Mar.) às 22h30, o nosso indomável Catapultaactuará no Desterro, novo espaço de concertos (e não só) em Lisboa! (mais infoaqui)

No domingo (22 Mar.) a partir das 14h o colectivo de improvisação sonoraGmudra apresenta “Ruína e Ruído”, um evento que incluirá conversa, churrasco, instalação e vídeo e que decorrerá na galeria Zaratan, onde até 12 de Abril pode ser vista a exposição “Pequeno Museu da Rua de São Bento e Arredores” da dupla de artistas Sara & André, que terminará com o “Pequeno Concerto dos Músicos da Rua de São Bento e Arredores”, um encontro improvável entre músicos que ocupam esta mesma geografia organizado pela ATR e pela Zaratan! (mais info em breve)

Durante a próxima semana o músico americano McCloud Zicmuse estará em residência nas Oficinas do Convento em Montemor-o-Novo, onde fará concerto e workshop de construção de instrumentos no dia 26 de Março (quinta-feira)! (mais info aqui)

Para terminar o mês (sáb. 28 Mar.) teremos como sempre a residência mensal da ATR no RDA69, que desta feita será em colaboração com o Um ao Molhe e que contará com actuações dos projectos portugueses de música electrónicaLASERS e Blac Koyote e do cantautor finlandês Herra Mäkikuisma! (mais infoaqui)

Entretanto continua disponível a mixtape que a ATR e a Stress.Fm prepararam para este ruidoso mês e que inclui temas de alguns dos artistas que já passaram ou ainda vão passar por este Março terapêutico!

E também continua disponível a “Kaüzpellaplatz II”, o segundo volume da compilação de homenagem ao terapeuta do ruído João Capela, que junta diversos projectos internacionais e que mais uma vez conta com o artwork deJosé Smith Vargas, de quem pode ser vista até 28 de Março uma exposição de pranchas originais de banda desenhada na Oficina Divagar em Almada! (mais info sobre a compilação em baixo e sobre a exposição aqui)

sábado | 21 de Março | 19horas

McCloud Zicmuse (us/be)
Instant Instrument Workshop

Zaratan
Rua de São Bento, 432 – Lisboa
workshop: 16h
entrada concerto: 3 euros

McCloud Zicmuse
Após anos de intensa actividade na cena musical e artística da América do Norte, McCloud Zicmuse perdeu o avião que o deveria levar de volta à sua casa em Olympia (E.U.A.) e foi vivendo entre a França, a Suécia e o Japão até se estabelecer definitivamente na Bélgica.
Conhecido principalmente pelo seu projecto a solo Le Ton Mité, que se estreou em Portugal no ano passado, Zicmuse tem colaborado frequentemente com grupos como os Maher Shalal Hash Baz, os Microphones ou os Tenniscoats. É também fagotista e já foi convidado a tocar com gente como Mt. Eerie, Chris Cohen, Félicia Atkinson, Half-Handed Cloud, Club des Chats, Congotronics vs. Rockers e muitos outros.
Para além da sua carreira musical, Zicmuse realiza workshops (de como construir instrumentos a partir de lixo, de como criar nações temporárias ou de como fazer erros), escreve sobre folclore e co-dirige com Anne Brugni uma pequena galeria, editora, tipografia e hotel em Bruxelas.
Regressa agora ao nosso país para apresentar o seu último registo, intitulado“The Well-Tuned Iaeniaen” em referência à obra “The Well-Tuned Piano” do compositor La Monte Young, editado em cassette pela Shelter Press, no qual explora as possibilidades sónicas dos “iaeniaens”, uma família de instrumentos que criou a partir de lixo.

Instant Instrument Workshop

Além do concerto, este intrépido impovisador, compositor e luthier vem também mostrar-nos como se constroem os “iaeniaens” (e não só) no seu Instant Instrument Workshop. Utilizando materiais reciclados e encontrados no lixo, Zicmuse convida-nos a construir os nossos próprios instrumentos musicais e depois a experimentá-los no Instant Instrument Workshop Ensemble, grupo formado pelos participantes do workshop.
Os “iaeniaens” são construídos intuitivamente com materiais disponíveis, geralmente uma lata ou uma caixa de madeira, um pau, uma corda e um par de parafusos e foram criados por Zicmuse pela simples necessidade de tocar música com recursos limitados: em 2007 quando estava em digressão com o projecto Le Ton Mité, a sua guitarra foi roubada num comboio em França e como não tinha outra solução pegou nas ferramentas, juntou cordas de guitarra usadas e deitou mãos à obra, inventando esta série de instrumentos que passou a utilizar com frequência nos seus vários projectos musicais.

Informações:

  • O workshop tem a duração de 2 horas, será dado em inglês e é limitado a 12 participantes.
  • O preço do workshop é de 10 euros para quem trouxer os materiais abaixo indicados e de 12 euros para quem não os trouxer.
  • As incrições podem ser feitas até ao dia 19 de Março através do e-mail:terapiadoruido@gmail.com.
  • A inscrição dá direito a entrada livre no concerto e a participar no Instant Instrument Workshop Ensemble.

Materiais (por participante):

  • um pau ou uma vara de madeira (pode ser um cabo de vassoura velho ou um ramo relativamente estreito)
  • uma lata de metal (ou uma caixa ou tábua de madeira)
  • parafusos (com 25mm de comprimento ou menos)
  • uma chave de fendas
  • cordas usadas
  • tampas de garrafas de plástico ou cascas de nozes

(+ um berbequim com uma broca de 3mm que será fornecido pela organização)

sábado | 21 de Março | 17h30

Herra Mäkikuisma (fi)
Coelho Radioactivo (pt)
The Partisan Seed (pt)

Um ao Molhe
Café au Lait
Rua Galeria de Paris, 46 – Porto
entrada livre!

“Kaüzpellaplatz II” é o segundo volume de uma compilação que visa homenagear João Capela, músico, artista, escritor, activista, terapeuta do ruído e amigo que nos deixou em Fevereiro de 2014 e que tocou a alma e o coração de todos os que com ele conviveram (mesmo que apenas em fugazes encontros ocasionais), deixando um vácuo na comunidade musical, artística e activista nacional e internacional.

Depois de um primeiro volume com temas de bandas e músicos portugueses, este segundo volume junta diversos projectos internacionais que em colaboração com a Associação Terapêutica do Ruído (ATR), promotora musical portuguesa underground à qual João Capela também pertencia, se uniram para honrar a sua memória e angariar fundos de modo a garantir a edição de uma colecção de escritos da sua autoria.

A compilação, cujo artwork é mais uma vez da autoria do José Smith Vargas, está disponível para escuta livre e download pago através do bandcamp da ATR, sendo que todos os fundos garantidos serão canalizados para a edição do livro com os seus textos.