cartaz_lounge_v2

Esta semana termina a Tourette dos Da Monstra, digressão ibérica que teve início em Madrid no dia 5 de Junho e que acaba com um concerto no Lounge na quinta-feira (18 de Junho) às 22h30! O monstruoso trio tem estado a apresentar o seu primeiro álbum “Arritmia”, que foi recentemente editado pela própria banda em formato cassete! (mais info em baixo)

cartaz leitmotiv 1

E também na quinta-feira (18 de Junho), mas às 19h, começa o “Leitmotiv”, um ciclo de concertos mensais com curadoria de Bernardo Álvares, centrado em escrituras musicais, que decorrerá na terceira quinta-feira de cada mês! As escrituras serão primeiro conceptualizadas por um compositor, posteriormente traduzidas para o papel por um artista plástico e finalmente interpretadas por músicos ao vivo na Zaratan! Cada escritura estará à venda numa edição limitada e numerada e serão facultados igualmente os textos dos compositores e os links para o podcast dos concertos! Esta primeira sessão contará com um texto de Bernardo Álvares como compositor, ilustrações de Yaw Tembe como artista plástico e música dos -pä, duo constituído por Paulo da Fonseca e Filipa Campos, ambos em sintetizadores e osciladores! (mais info aqui)

capa enough (1)

Entretanto continua disponível para escuta e download livre o “Live at RDA69 – 27/02/2015”, o registo da actuação que os dOISsEMIcIRCUITOSiNVERTIDOS, o projecto paralelo de improvisação electroacústica dos infames dUASsEMIcOLCHEIASiNVERTIDAS, deram na residência mensal da ATR no RDA69 em Fevereiro passado, numa edição digital da sempiterna Enough Records com capa de Inês Cabral! A actuação contou com a participação espacial de krodelabestiole e Aude Barrio e vai dedicada ao terapeuta do ruído (e membro dos dSCi e dos Da Monstra) João Capela, falecido em Fevereiro de 2014.

 

quinta-feira | 18 Junho | 22h30 @ Lounge – LISBOA

(Rua da Moeda, 1 / entrada livre)

«Da Monstra é um grupo de música experimental que se alicerça na exploração do ruído e da harmonia musical aliada à projecção de imagens tiradas de filmes, vídeos e documentários de forma a maximizar o ambiente que pretende transmitir.

Como banda, Da Monstra aglomera três multi-instrumentistas que por entre feedbacks, volumes e melodias musicam os mais variados temas de forma a transmitir mensagens que nenhuma voz consegue. Uma outra vertente da banda é a construção de instrumentos artesanais que são usados nas performances ao vivo.

Neste digressão os Da Monstra propõem a apresentação do seu primeiro álbum “Arritmia”, recentemente editado pela própria banda em formato cassete. “Arritmia” vai ao nosso subconsciente colectivo, mergulhando-nos num universo monstruoso noir de personagens reais-fictícias do qual somos acordados à chapada sónica.»

www.youtube.com/watch?v=uaNDG0lmgWo
www.youtube.com/watch?v=VufMvunELAA
www.youtube.com/watch?v=AI4MBHNaKNQ