atr.gif

Este mês os gémeos siameses Associação Terapêutica do Ruído edUASsEMIcOLCHEIASiNVERTIDAS celebram o seu 9º aniversário: a hiperactiva ATR com uma programação extensa e variada (e os infames dSCi preparando algumas surpresas para breve)!

Para começar o mês temos a continuação do ciclo de música improvisada da ATR no Damas na quarta-feira (4 de Maio) com concerto do quarteto deRodrigo Amado, Luís Vicente, Hugo Antunes e João Lencastre e dj set deFad!gaz! E também a conclusão do Bi-Ciclo na Zaratan no domingo (8 de Maio) com actuações do baixista britânico Howie Reeve e do guitarrista francêsPhilippe Lenzini e com artwork de Saba! (+ info em baixo e aqui e aqui)

E durante o fim de semana alguns terapeutas do ruído estarão presentes na 7ª edição do MIA – Encontro de Música Improvisada de Atougia da Baleia, que decorrerá entre os dias 5 e 8 de Maio nesta localidade perto de Peniche! (+ infoaqui)

Na próxima semana teremos a estreia em Portugal do trio francês de brutal-surf-rock Arno De Cea & The Clockwork Wizards que tocará no dia 10 de Maio nas Caldas da Rainha (no Parqe pelas mãos do Grémio Caldense), no dia 11 de Maio em Lisboa (no Damas) e no dia 12 de Maio no Porto (n’O Meu Mercedespelas mãos da Festas Productions)! E também a festa do 17º aniversário doLounge no dia 14 de Maio que entre muitas outras ilustres presenças contará com uma actuação de Twisted Freak e com um dj set dos Kafunfo noSoundsystem! E ainda concerto da dupla suíço-grega Kocher & Manouach naZaratan no dia 15 de Maio! (+ info em breve)

Até ao fim do mês teremos também os regressos do cantautor italiano Gipsy Rufina (que actuará com Peter Wood na Zaratan no dia 19 de Maio), da cantautora austríaca Alicia Edelweiss (que entre outras datas tocará com Izzy Bunny no Lounge no dia 20 de Maio) e do power-duo francês Daikiri (que entre outros concertos estará no Damas no dia 27 de Maio para a festa de lançamento do primeiro álbum dos Älforjs, integrada na digressão ibérica que este trio lisboeta de voodoo noise fará a partir de 19 de Maio)! (+ info em breve)

atr1
4 de Maio | quarta-feira | 23h

Amado | Vicente | Antunes | Lencastre (pt)
Fad!gaz (dj set)

Damas
Rua da Voz do Operário, 60 – Lisboa
entrada livre

Nesta sétima sessão do ciclo de concertos de música improvisada da ATR no Damas teremos a actuação do quarteto de Rodrigo Amado (saxofone), Luís Vicente (trompete), Hugo Antunes (contrabaixo) e João Lencastre (bateria), seguido de dj set de Fad!gaz.

«Grupo composto por quatro dos mais importantes e activos músicos da cena improvisada, cujo encontro em diferentes ocasiões tem proporcionado resultados mágicos. Se por um lado Rodrigo Amado se tem destacado com o seuMotion Trio, ao lado de Gabriel Ferrandini e Miguel Mira, João Lencastre tem-se afirmado com o seu Communion e esbatido barreiras com o trio No Project. O contrabaixista Hugo Antunes regressado a Portugal depois de uma bem sucedida experiência em solo belga que lhe proporcionou encontros importantíssimos para a sua acentuação na abordagem ao instrumento, particularmente visível no trio Malus ao lado de Chris Corsano e Nate Wooley. A quadrante fecha-se com o emergente Luís Vicente, que lentamente tem palmeado um lugar privilegiado ao lado dos trompetistas mais interessantes da actualidade, trabalho esse brilhantemente representado em grupos como Fail Better!, Clocks & Clouds, WAS, Chamber 4, Deux Maisons e no duo ao lado de Jari Marjamäki.» in Barraca Fest

«Fernando Fadigas (aka Fad!gaz) é artista sonoro e multimédia, editor, programador de música e artes experimentais. Em diferentes contextos os seus trabalhos dividem-se em concertos, instalações sonoras, performances multimédia e dj sets. Ao vivo, tendo em conta as propriedades acústicas de cada espaço, faz um equilíbrio entre a nova e a velha tecnologia, manipulando diversos geradores de som como circuitos electrónicos, software, síntese analógica, fitas, discos de vinil originais e modificados. Dirige com Miguel Sá a editora e promotora Variz.org, neste âmbito programam concertos e festivais de música electrónica e partilham projectos como Producers (improvisação electrónica) ou Tra$h Converters (dj set).»

atr2
8 de Maio | domingo | 18h

Howie Reeve (uk)
Philippe Lenzini (fr)

Bi-Ciclo #5
Zaratan
Rua de São Bento, 432 – Lisboa
entrada livre para sócios – quota anual: 3 euros

Organizado pela Associação Terapêutica do Ruído em parceria com a Zaratan, o Bi-Ciclo acontece uma vez por mês e concentra numa tarde dois concertos a solo de música experimental. Por cada episódio do ciclo convidamos um artista a produzir um cartaz duplo, duas imagens em uma, propondo um diálogo directo inspirado nos intervenientes musicais do Bi-Ciclo. O artwork resultante deste convite é, como nos ciclos realizados anteriormente, impresso em risografia numa edição limitada assinada pelo artista. Para esta última sessão o artista convidado é Saba.

«Howie Reeve é uma lenda da cena DIY de Glasgow (Escócia) que nos útlimos anos se tem dedicado a tocar baixo acústico e a cantar a solo. Depois da colaboração com o enorme Mike Watt (Minutemen/Stooges) no ano passado que resultou num single de duetos de baixo, Howie vem apresentar-nos o seu terceiro álbum “smaller, now” editado em Fevereiro pela britânica The Audacious Art Experiment e pela alemã Red Wig. Na sua música podem encontrar-se influências tão díspares como o pós-punk, o avant-garde, a folk ou o flamenco, mas o mais marcante é sem dúvida a riqueza emocional e ahonestidade desarmante das suas canções.»

«Philippe Lenzini é um guitarrista e produtor que desenvolve o seu trabalho entre Londres, Paris e Lisboa. Começou o seu percurso na banda Dirty District, que marcou a cena do rock alternativo francês durante os anos 90. Já em Londres gravou com outros artistas, compondo para filmes, animações e performances de teatro e dança. É fundador do grupo In Deep Band com base em Paris e membro do colectivo londrino de improvisação Orchestra Elastique. A solo Lenzini apresenta-nos um set que mistura influências musicais do delta blues, rock, folk e atmosferas hipnóticas e cinemáticas