Esta quinta-feira (22 de Agosto) no Disgraça há a estreia em Lisboa do explosivo powerviolence-trio de Benicarló (Espanha) KLS e a estreia mundial do novíssimo quarteto lisboeta de math-rock Sheila! (+ info em baixo e aqui)

E no dia 1 de Setembro o lendário músico inglês Howie Reeve regressa a Lisboa para um concerto intimista na Casa Virginie, seguido de dj set de RifRaf! (+ info em breve)

Entretanto já está disponível para escuta e para venda a edição digital do “Secret Faces Vol. One”, primeiro volume de uma série de compilações que visam angariar fundos para a defesa dos activistas anarquistas e anti-fascistas presos e torturados pela polícia secreta russa e que inclui o tema “пение” dos дВАПеРЕВёРНУТЫХПОлУКРУГА (aka dOISsEMIcIRCUITOSiNVERTIDOS, o projecto paralelo de improvisação electroacústica dos infames dUASsEMIcOLCHEIASiNVERTIDAS) com o noisemaker espanhol Martí Guillem, gravado ao vivo no Disgraça em Março deste ano durante a Balalouka Party II!

 22 de Agosto | quinta-feira | 20h-22h

KLS (es)
Sheila (pt)

Disgraça
Rua da Penha de França, 217 – Lisboa
entrada: contribuições livres – mínimo 3 DIYs
jantar vegano

Como disse alguém depois de uma manifestação interrompida por intervenção policial: “O Estado é o único que tem a legitimidade para utilizar a violência”. E sim, como se pôde constatar nessa situação, o Estado é dono e senhor do poder e da violência, mas para os que não são nem querem ser Estado haverá sempre o poder e a violência do powerviolence. Os KLS vêm pela primeira vez a Lisboa para dar-nos poder e violência através de uma descarga sonora de intensidade libertadora, combinada com uma sequência de socos, caos e gritos para nos atordoar, quebrar e esmagar. No bom sentido, claro. (texto original by Ojalá Estë Mi Bici)

Sheila vive num dilema existencial entre o math rock e os beats pesados lá do bairro. A esta dama ninguém lhe tira o cap, na rua é só parças e só ela sabe que caminha em contratempo.