Esta quinta-feira (12 de Abril) os infames dUASsEMIcOLCHEIASiNVERTIDAS(dSCi) regressam aos palcos para tocar no Sabotage com os Uivo Zebra, o super power-trio de João Sousa (A Besta), Jorge Nuno (Signs of the Silhouette) e Hernâni Faustino (RED trio)! E a acompanhar os dSCi haverá dois convidados muito especiais! (+ info em baixo e aqui)

E na sexta-feira (13 de Abril) os infames dSCi juntam-se de novo aos famigerados Cardíaco, com os quais lançaram a “Chains Split Tape Vol. 2” e partilharam os palcos por diversas ocasiões (incluindo a experiência em conjunto na primeira edição do Concêntrico no início deste ano), para mais uma vez fazerem barulho na SMUP, desta feita como dOISsEMIcARDÍACOSiNVERTIDOS, numa noite com curadoria de Rui Eduardo Paes que contará também com a ruidosa presença do guitarrista Luís Lopes e do seu noise solo! (+ info em baixo e aqui)

Na próxima semana (quarta-feira | 18 de Abril) os infames dSCi estarão a fazer a sua quinta DIStapa, jantar semanal que as várias bandas e grupos que ensaiam no Disgraça servem às quartas-feiras e que junta tapas veganas a projecções de filmes com o intuito de angariar fundos para a manutenção do espaço! E na sexta-feira (20 de Abril) no Lounge teremos a estreia em Lisboa dos polacos Kurws, que virão acompanhados pelo Gazelle of Death, mítico veículo conduzido pelo russo Danis Alexieyev! (+ info em breve e aqui)

12 de Abril | quinta-feira | 22h30

dUASsEMIcOLCHEIASiNVERTIDAS (pt)
Uivo Zebra (pt)

Sabotage
Rua de São Paulo, 16 – Lisboa
entrada: 6 euros

Formados em 2007 pelas mesmas mentes doentias que criaram a hiperactiva Associação Terapêutica do Ruído, entidade siamesa que se dedica à promoção de concertos DIY e à edição e distribuição de discos, os dUASsEMIcOLCHEIASiNVERTIDAS são um colectivo de terapeutas do ruído sediado em Lisboa que tem um cadastro quase tão extenso e intenso como a sua música: dois EPs (“I” em 2008 e “II” em 2009), uma cassete (“SADITREVNiSAIEHCLOcIMEsSAUd“ em 2010), um LP (“4” em 2012), duas split-tapes (“dSCi/Cangarra” em 2013 e “Chains Split Tape Vol. 2” em 2016), um single (“Poda/Enco” em 2018), dois álbuns ao vivo com o seu projecto paralelo de improvisação electro-acústica dOISsEMIcIRCUITOSiNVERTIDOS, participações em várias compilações, inúmeras digressões europeias e centenas de concertos nas mais variadas situações e lugares e com os mais diversos grupos e músicos, isto sem falar de todos os outros projectos a que estão ou estiveram directa e indirectamente ligados ao longo destes anos.

No parapeito de um uivo, debruçou-se uma zebra. Outra se acercou, navegando entre dimensões do uivo em que a zebra se debruçara. A última, grave, encontrou as outras duas, quais rasgos de interdimensionalidade, semelhantes na dispersão do inesperado. As três carregadas de uivo, quebrando os encontros possíveis, voltaram ao parapeito.

13 de Abril | sexta-feira | 22h

dOISsEMIcARDÍACOSiNVERTIDOS (pt)
Luis Lopes (pt)

SMUP
Rua Marquês de Pombal, 319 – Parede
entrada: não-sócios – 5 euros / sócios – 4 euros

“Foram várias as ocasiões em que as bandas dUASsEMIcOLCHEIASiNVERTIDAS e Cardíaco partilharam os mesmos palcos, tocando uma depois da outra, mas as cumplicidades que assim se foram encontrando, e o facto de ambas terem atrás de si colectivos com filosofias comuns, a Associação Terapêutica do Ruído e A Besta, levaram a que em Janeiro deste ano se tentasse um tête-à-tête. Aconteceu na primeira edição do ciclo de concertos Concêntrico, na Estudantina Recreativa de S. Domingos de Rana, e com resultados musicais tão entusiasmantes que a vontade de continuar logo ali se firmou, bem como a de deixar de entender o entrosamento conseguido como um chocar de cornos entre dois búfalos. Das duas formações surgiu uma só, esta que agora se apresenta na SMUP como algo mais do que duas identidades em diálogo: dOISsEMIcARDÍACOSiNVERTIDOS. A música em prática é definida pelos métodos da improvisação e da experimentação, estando a base idiomática no rock. Esta é entendida de forma muito abrangente, podendo ou não surgir aspectos do punk, do metal e das tendências prog ou psych. Uma coisa é certa: a música, essa, será crua, densa e barulhenta.
Quando os dOISsEMIcARDÍACOSiNVERTIDOS começarem o seu set, já os nossos ouvidos estarão preparados para a tempestade que provocarem, pois a noite começa com o projecto Noise Solo do guitarrista Luís Lopes. Se na origem este teve como motivação «calar o ruído da cidade de Lisboa», agora vem calar a Parede, convidando-nos a darmos atenção ao mundo sonoro não-domesticado e não-funcionalista que pode surgir de uma manipulação abusiva da electricidade.” 
by Rui Eduardo Paes
Advertisements
Posted in Uncategorized

Esta sexta-feira (9 de Março) os infames dUASsEMIcOLCHEIASiNVERTIDAS(dSCi) cruzam-se de novo com o mítico duo norueguês de forest sludge punk La Casa Fantom, depois de terem partilhado o palco da saudosa KyläKancra em 2010, para um concerto imperdível no Disgraça! (+ info em baixo e aqui)

No sábado (10 de Março) os terapeutas do ruído (e membros dos infames dSCi) Catapulta e Desmarques deslocam-se até À da Maxada (Setúbal) para actuarem em formato b2b numa noite ruidosa que contará também com a ilustre presença do noisemaker tailandês Pisitakun, que vem a Portugal pela primeira vez para várias datas! (+ info em baixo e aqui)

E esta semana o terapeuta do ruído (e membro dos infames dSCi) Zé Trigueirosvai lançar o seu segundo disco a solo intitulado “Sombra”, que foi inteiramente gravado e misturado pelo próprio num estábulo algures nas profundezas das montanhas do sul de França e que inclui a participação dos músicos Domenikos de Visser e Xavier Poisignon em dois dos temas! Depois do primeiro registo “Bear With Me”, cuja reedição através do bandcamp da ATR já continha “Telhado/Dots”, single de antecipação do novo EP, esta edição conta mais uma vez com o apoio da ATR e poderá ser escutada a partir de dia 9 de Março através do bandcamp do músico, sendo que entretanto já está disponível o teledisco do tema “Rua”!

9 de Março | sexta-feira | a partir das 19h30
La Casa Fantom (no)

Disgraça
Rua da Penha de França, 217 – Lisboa
entrada: 3-5 diy’s | jantar vegano às 20h
organização: No Borders – DIY booking

10 de Março | sábado | 22h

Catapulta b2b Desmarques (pt)
Pisitakun (th)

À da Maxada
GPS: 38.539692, -8.908804 – Setúbal
entrada: contribuições livres

Posted in Uncategorized

Esta quarta-feira (21 de Fevereiro) os infames dUASsEMIcOLCHEIASiNVERTIDAS (dSCi) estarão a fazer a sua terceira DIStapa, jantar semanal que as várias bandas e grupos que ensaiam no Disgraça servem às quartas-feiras e que junta tapas veganas a projecções de filmes com o intuito de angariar fundos para a manutenção do espaço! Nesta sessão o filme será “Green Room” do realizador norte americano Jeremy Saulnier! (+ info em baixo e aqui)

E na quinta-feira (22 de Fevereiro) os infames dSCi deslocam-se ao Antigo Presídio da Trafaria para participar no Gato Morto A_Live // Carpintaria Musical, evento de abertura da oficina de carpintaria Gato Morto que incluirá também actuações de Joana GuerraThomas Tilly e Vasco Alves e dj set de Dj NIITUQUDII & Dj Bowest! (+ info em baixo e aqui)

Entretanto continua disponível através do bandcamp dos dSCi a edição digital do single “Poda/Enco”, que foi lançado numa edição ultra-limitada em vinil transparente com capas originais de 33 artistas! E já está disponível através do bandcamp d’A Besta o álbum “TUKTUK tour”, registo ao vivo da digressão ibérica que os intrépidos Parpar fizeram em Outubro do ano passado (e que contou com o apoio da ATR)!

“Green Room” (2015 – 95 mins.)

“fds vão passar o greeen room? esse filme é granda merda!”
Rafeiro (disgraça)

“O Green Room surpreende pela sua simplicidade e pequenos pormenores que fazem toda a diferença…desde o espaço em si até às opções de menu que apresenta. Optei por um hambúrguer de abóbora e noz em pão integral, com um topping de cheddar…..fabuloso!!”
Paulo M (tripadvisor)

“Patrick Stewart was so unsettled he stopped after 30 pages to ensure all his windows and doors were locked, then poured himself a scotch.”
Alex Godfrey (the guardian)

“It’s a white knuckle thrillfest, and one that pits a lump in your stomach from the intensity witnessed on screen.”
Deimos Remus (imdb)

22 de Fevereiro | quinta-feira | a partir das 19h30

dUASsEMIcOLCHEIASiNVERTIDAS (pt)
Joana Guerra (pt)
Thomas Thilly (fr)
Vasco Alves (pt)
Dj NIITUQUDII & Dj Bowest (dj set)

Gato Morto A_Live // Carpintaria Musical
Antigo Presídio da Trafaria
entrada: reservada a associados – adesão no local com preço livre
jantar + bar
organização: EDA + Gato Morto + 50hz

Uma noite excepcional para descobrir o Antigo Presidio daTrafaria ao som da música electrónica, acústica, popular, física, experta, mental, experimental, improvisada, escrita, cantada, encantada, densa, dançada, etc…

Vasco Alves (pt) // Gaita-de-foles contra computador

Thomas Thilly (fr) // Um pesadelo no paraíso dos ruídos e insectos

Joana Guerra (pt) // Violoncelo do vapor

dUASsEMIcOLCHEIASiNVERTIDAS (pt) // O jazz, finalmente, é curado!

+ Dj NIITUQUDII & Dj Bowest (dj set) // Torrente de sucessos

Posted in Uncategorized

Esta sexta-feira (2 de Fevereiro) por ocasião da segunda edição do Encontro de Artes e Técnicas de Impressão a ATR vai estar a organizar um concerto + jantar benefit com o intuito de angariar fundos para a sala de ensaios do Disgraça, espaço partilhado entre várias bandas incluindo os infames dSCi! Além do delicioso jantar vegano que os dSCi vão preparar, haverá também actuações do inenarrável grupo francês Bonne Humeur Provisoire e do misterioso músico brasileiro Grilowsky! (+ info em baixo e aqui)

Entretanto já está disponível através do bandcamp dos dSCi a edição digital do single â€œPoda/Enco” lançado no domingo passado numa edição ultra-limitada em vinil transparente com capas originais de 33 artistas que podem ainda ser vistas até AMANHà (entre as 15h e as 20h) numa exposição no Atelier Concorde!

2 de Fevereiro | sexta-feira | a partir das 19h30

Bonne Humeur Provisoire (fr)
Grilowsky (br/de/pt)

Benefit Sala de Ensaios
Encontro de Artes e Técnicas de Impressão #2
Disgraça
Rua da Penha de Fran̤a, 217 РLisboa
entrada: contribuições livres – mínimo 3 DIYs | jantar vegano

Os Bonne Humeur Provisoire são um OMNI (aka Objecto Musical Não Identificado) oriundo da cena DIY francesa especializado em transe biomecânico. Após uma excessiva exposição ao sol, uma preocupante ingestão de vitamina D e muitas farpas de madeira consumidas, este trio de ruidosos meliantes vem pela primeira vez a Portugal para nos apresentar o resultado das suas experiências sónicas que os próprios descrevem como uma espécie de música tradicional de um país que nunca existiu.

Grilowsky Ã© um multi-artista brasileiro radicado entre Berlim e Lisboa. Usando amplificador, pequenos microfones, um pedal Big Muff, V-Amp e uma guitarra Fender, Grilowsky captura as frequências de energia e som do Espaço. Essa energia capturada pela antena de máscara ressoa directamente na corrente sanguínea do artista, levando-o a um estado de inconsciência alterada. Rapidamente, começa o metabolismo, nos músculos e nos ossos, criando movimentos involuntários que resultam numa estrutura musical espontânea, seguindo as indicações das pautas da Sismologia Estelar, nas ondas electromagnéticas de corpos celestes traduzidos para a codificação humana numa nova forma de arte e de interacção.

Posted in Uncategorized

28 de Janeiro | domingo | 15h-20h

dUASsEMIcOLCHEIASiNVERTIDAS
Lançamento + Exposição do single “Poda/Enco”

Atelier Concorde
Rua Leite Vasconcelos, 43A – Lisboa
entrada livre

A Associação Terapêutica do Ruído tem o prazer de vos convidar para a apresentação do novo single dos infames dUASsEMIcOLCHEIASiNVERTIDAS, que foi gravado, misturado e masterizado pelo maestro Milo Gomberoff no estúdio Hukot em Barcelona durante a KsChNpSk Tour e que será lançado numa edição ultra-limitada em vinil transparente com capas originais de 33 artistas.
O lançamento contará com a presença ruidosa da banda, que estará a tocar repetida e ocasionalmente durante a tarde os dois lados deste disco cujo corte de vinil foi feito pela Gravinyl e incluirá também uma exposição das 33 capas originais feitas pelos seguintes artistas:
Simultaneamente será lançada a edição digital dos dois temas incluídos no disco para escuta e download gratuito através do bandcamp dos dSCi, que terá uma 34ª capa da autoria de Lucas Almeida, responsável também pelo artwork do cartaz
Posted in Uncategorized